Número total de visualizações de página

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Nunca Deixes De Sonhar!



A vida é uma surpresa
Tão depressa nublada
E vestida de tristeza
Mas quando ela é bem vivida
Desatamos à gargalhada
Porque é bem mais divertida

Não te amarres à nostalgia
E nem tão pouco à saudade
Vive com muita alegria
Lá por estalares o verniz
Em abono da verdade
Serás muito mais feliz

Brinda à vida brinda à festa
Isto posso afiançar
Não há vida como esta
Não tem nada que enganar

Se não estás endinheirado
E por sinal estás falido
Não fiques desanimado
Pode ser que ele apareça
E toma um comprimido
P’ra essas dores de cabeça

Já não estou p’ra me ralar
E quem me dera ser presa
Ai o que eu ia poupar
Só no pão de cada dia
Pois se ando sempre tesa
E com a barriga vazia

Fechava a eletricidade
Ficava só com a renda
No meio da fatalidade
Era pois uma felizarda
Tinha uma vida estupenda
Já nem comia da albarda

E até tinha vencimento
P’ra me reabilitar
Dava-me pois incremento
P’ra uma vida melhor
Pois se fosse p’ra um lar
Ia de mal a pior

Ficavam-me com a reforma
Logo toda por inteiro
E de resto é tudo à parte
E eu não arranjava forma
Pois não sei fazer dinheiro
E se não tenho essa arte
Nem podia adoecer
E se sou incontinente
O que eu ia padecer
Ficava pois toda assada
Morrer p’ra mim era urgente
P’ra ficar mais descansada

Enquanto que na cadeia
Ia ser pois bem tratada
E fazia um pé-de-meia
P’ra minha consolação
E vinha bem governada
Se saísse da prisão

Mesmo assim vou divagando
Pois dá-me alguma prosápia
Ai enquanto vou sonhando
Com outro modo de vida
Em tornar-me uma larápia
E até ser bem-sucedida

Mas não me ajeito ao gamanço
Pois nunca fui de roubar
E sinto um certo descanso
Senão andava fugida
Nem conseguia parar
Ao sentir-me perseguida

Dá-me pena ser assim
Contudo sinto-me honrada
E vai-se a ver que enfim
É minha forma de ser
E mesmo contrariada
Nada mais posso fazer

De resto vivo contente
Pois tenho que aproveitar
E aproveitar grandemente
E sempre com um sorriso
Nunca deixes de sonhar
Pode ser que isto mude
E apesar do prejuízo
Pois que Deus nos dê saúde





Sem comentários:

Enviar um comentário