Número total de visualizações de página

domingo, 22 de fevereiro de 2015

A Sorte Do Azar



Mesmo assim tiveste sorte
Na conversa da taberna
Diz o povo português
_ Antes isso do que a morte
Partiste uma só perna
Podias partir as três

Tens a cabeça esfolada
E porém não está partida
Fica contente com a vida
Pois deixa-te dessas luas
Se tivesse traumatizada
Podias partir as duas

Estás um pouco descaído
Sobretudo acamado
Mas se tivesses morrido
Pois já estavas sepultado

Nada tens de especial
Que uma arteriosclerose
Mas que coisa tão banal
Podes-te dar por contente
Pois se fosse uma trombose
Isso já era diferente

Se acaso foste traído
Não fiques tão exaltado
Nem sequer és o marido
Só por seres mais um cabrão
Dá-te então por conformado
Sai dessa tua aflição

E não te rales deixa andar
Pior que estarmos doentes
É a gente querer acordar
Quando os pés já não tão quentes

Sem comentários:

Enviar um comentário