Número total de visualizações de página

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Ai Deixa-me Desabafar



Mas que triste sorte a minha
Para andares atormentada

Ai deixa-me desabafar
Se acaso vivo sozinha
Com alguém tenho que falar

Com alguém tenho que falar
Deitar tudo cá para fora
Pois se um dia vou morrer
Mas o que é que eu faço agora
Não me vou deitar ao mar
O que é que eu posso fazer

E quem vai primeiro embora
Pois isso não sei dizer
Se o destino marca a hora
Que sejas tu a morrer

Que sejas tu a morrer
Pois é muito bom sinal
E tens que me agradecer
De eu ir ao teu funeral

Se eu for ao teu funeral
Podes-te dar por contente
E nem me leves a mal
Se acaso tu fores à frente

P’ra ficares cá a sofrer
Vai direitinha p’ró céu
Pois alguém tem que morrer
E nem me leves a mal
Mas é muito bom sinal
Se acaso tu fores à frente
Isto desinteressadamente
Pois fica já descansada
P’ra sofrer já basto eu
Que irei ao teu funeral
Sem que tu venha ao meu






Sem comentários:

Enviar um comentário