Número total de visualizações de página

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Não Queremos O Circo Montado | Maria Albertina Natividade da Purificação

 
 
 
 

Lá tenho eu de ir a Belém
Montada no meu burrinho
Ó Cavaco vê lá bem
Inteira-te da situação
Que o meu querido Zé Povinho
Está metido num inferno
Quer uma revolução
Está farto deste governo

 

Pareces-me baralhado
Tal como o nosso país
Pois se estás mal rodeado
Recebe este meu conselho
O povo está infeliz
Fecha as Portas ao Coelho

 

E manda-o ir passear
Ficar-te-ei muito grata
Que afinal o seu lugar
Põe-no à disposição
Pois que vá reinar p’ra mata
Que outros galos cantarão

 

Pois se até tu passas mal
Valem-te as tuas poupanças
Mas de resto em Portugal
O povo está depenado
E se deve às finanças
Não tem pois como pagar
Tiram-lhe do ordenado
O pouco que está a ganhar

 

Ó Cavaco pensa bem
Pois irás ficar na História
Afinal o que convém
A este nosso país
Que alcancemos a vitória
E serás então lembrado
Corta o mal pela raiz
Não queremos o circo montado

 

 

ILUSTRAÇÃO/ARTE DE MIGUEL MATOS


Sem comentários:

Enviar um comentário