Número total de visualizações de página

segunda-feira, 22 de julho de 2013

OLHA OS GALOS | Maria Albertina Natividade da Purificação





Pois quem será o artista
Que me pôs p’ra meu regalo
Sem ter que dar aos chinelos
E se afinal tem uma crista
Estou pois montada num galo
Num galinho de Barcelos

 

Num galinho de Barcelos
Vejam só este talento
Brancos pretos amarelos
Tal como diz a canção
Pois parece um monumento
Não têm galinha ao lado
Vamos todos de excursão
Poupa-se na gasolina
Feitos de barro pintado
Vamos todos p’ra São Bento
Fazer a revolução
Mais a Maria Albertina

 

E se acaso forem bravos
Serão enfim recordados
E ao invés de ser p’los cravos
Também vermelhos e belos
Seremos pois libertados
Pelos galos de Barcelos

 

 

(ILUSTRAÇÃO/ARTE DE MIGUEL MATOS)


Sem comentários:

Enviar um comentário